Terça-feira, 29 de Novembro de 2011

Tenho medo da Heidi

Como toda a gente sabe, os desenhos animados da Heidi são do mais aterrador que um menino em crescimento , como eu era na altura, pode ter. A Heidi era orfã e foi obrigada a viver com o avô na Suiça porque a tia, com quem vivia antes arranjou trabalho. Eu na altura, que tinha avós na Madeira e uma tia que não trabalhava, era madre superiora, semore pensei que se um dia os meus pais morressem eu i...a directo para o Porto Santo ou para um convento, o que era o mesmo. Depois o avô quando vê que a Heidi pode engravidar do Pedro, manda-a para Frankfurt para viver com os ricos. E eu sempre pensei; se alguma vez me mandarem para Frankfurt contracenar com ricos, é que o caldo está entornado. Estava certo, entre 1990 e 1992 mandaram-me para Frankfurt várias vezes. Finalmente a Heidi apaixonou-se pela Clarinha, a Heidi andava e a Clarinha estava numa cadeira de rodas. Quando voltaram para a Suiça para viver os 3 (Clarinha , Heidi e Pedro), a Clarinha voltou a andar. Eu desde aí sempre pensei; se algum dia estiveres no meio de um menage a trois, pode acabar mal. Um pode acabar em cadeira de rodas. Meeedooo!!!!

tags:
publicado por naturezavirtual às 21:44
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 27 de Novembro de 2011

O Bastonário é que me anima.

O Bastonário da Ordem dos Advogados é que me anima... Marinho Pinto à TSF: " Estamos num país onde existe um grave problema de corrupção. Não podemos dizer que estamos num país de corruptos". Pois...
Outras frases equivalentes:
Estamos numa casa que tem um grave problema de prostituição todos os dias. Não podemos dizer que estamos numa casa de putas.
Estamos num sítio onde existem muitos andaimes, cimento, escavadoras e baldes de tinta. Não podemos dizer que estamos numa obra.
Estamos num veículo da Carris com 53 lugares sentados, um fole a meio e com um grave problema de falta de espaço nas horas de ponta. Não podemos dizer que estamos na carreira 46 para a Damaia.

publicado por naturezavirtual às 21:13
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Novembro de 2011

Lixo. Em que contentor nos vão meter?

Hoje a Fitch desceu a notação de Portugal para o nível de lixo. Agora começa a ser interessante. Que tipo de lixo somos nós? Qual o tipo de contentor onde nos irão largar quando o pessoal da CML resolver recolher lixo outra vez? No meu caso pessoal, é óbvio. Sou lixo comum. Nem pode ser de outra maneira para ser coerente com as frases que com uma certa regularidade as pessoas próximas de mim e que eu não chefio (pormenor importante), dizem: 'Não vales nada, pra mim não existes, oh pá és mesmo um monte de merda" . Mas como país, que lixo somos? Uma responsável do Teatro Nacional D. Maria II diz que dá lucro há 3 anos. Mas como gere segundo dotações orçamentais pagas por nós, e quando acabam pede mais, em vez de viver exclusivamente com receitas de bilheteira+marketing como qualquer empresa ou teatro à séria, o lucro dela é uma lata do caraças. Logo somos embalagem. Somos contentor amarelo. Mas o Dr. Mário Soares acha que devemos ter o direito à indignação por nos obrigarem a ser pobres. Como se não fossemos pobres há anos. E ele ajudou. Só que agora veio a conta. Somos frágeis? Não aguentamos as verdades? Então somos vidrinho! Contentor verde! Mas os cruzeiros para passar a passagem de Ano no Funchal, 10 dias no mar com chegada a Lisboa a 8 de Janeiro de 2012, têm os lugares de 1000€ já esgotados. Afinal há muito papel. Contentor azul! Estou confuso.
tags:
publicado por naturezavirtual às 21:06
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 19 de Novembro de 2011

E se um dia voltam?

 

Eu vejo e gosto da Casa dos Segredos. E perguntam; como é que é possível haver alguém que não faz como a manada, i.e., diz mal ou diz que não vê e às escondidas dá uma espreitadela ao programa e às revistas?
Faço isso pela mesma razão porque os cães labem os tomates; porque posso.
Num dos últimos progamas a Fanny, que está apaixonada pelo João M mas não o quer reconhecer (somochoamigos tachaber),...viu o seu amor sair da Casa, supostamente por ter desistido. Nós os espectadores sabíamos que era mentira,que era missão dada pela Voz,mas eles não. Ele saiu.
Ela chorou durantes horas como se o João tivesse morrido ou desaparecido definitivamente da vida dela. Como era tudo a fingir, no dia seguinte ele voltou e tudo segue igual como as mesmas paixões, desamores e discussões de antes.
E se a vida real fosse assim?
Se os amores da nossa vida que nos abandonaram afinal estivessem em missão, escondidos num quarto secreto, mesmo por cima do nosso tecto? A ver-nos num monitor, a ouvir-nos, e nós sem sabermos.
E se um dia voltam? Iguais ao que eram porque como estiveram isolados não conheceram mais ninguém,não viveram outras experiências,...
E voltam a gostar de nós? E o que nós chorámos foi só a produção a por à prova os nossos sentimentos e o nosso coraçãozito?
E se um dia voltam?
publicado por naturezavirtual às 23:05
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 12 de Novembro de 2011

Estou a recordar-me...

A recordação da felicidade já não é felicidade; A recordação da dor ainda é dor.

Lord Byron

publicado por naturezavirtual às 13:24
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Novembro de 2011

Mourinho ou Deus?

Qual o homem mais perfeito do mundo? José Mourinho. Sem espinhas. Soube-se agora que durante a estadia de anos em Inglaterra teve um jornalista do tabloide News of the World a segui-lo e não o conseguiram apanhar em nada. Nada!!! polícia atrás dele e multas??? Zero!!! Queixas de vizinhos, jogadores ou treinadores adversários ?? Népia. Amantes e negócios duvidosos? Nicles. É preciso estar imensamente focado num objectivo (UK ganhar um campeonato, tacitas, champions talvez e off we go) para estar ali sem uma única falha. Eu acho que nem mesmo Nosso Senhor seria tão perfeito porque teria sempre a tentação de envagelizar o John Terry , ir a um pub e transformar um pit de Guiness em pão do dia ou caminhar com a Maria Madalena pelo lado esquerdo da faixa de rodagem.

tags:
publicado por naturezavirtual às 22:08
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 6 de Novembro de 2011

Empregadas estragam as obras de arte

Na Alemanha uma empregada de limpeza de um museu estragou uma obra de arte avaliada em 800 mil euros.
Por isso é que eu nunca deixei que nenhuma empregada me desse banho.

tags:
publicado por naturezavirtual às 00:01
link do post | comentar | favorito
|

.Minha Natureza

.Natureza Viva

. Novembro

. Detesto o Vídeo-árbrito

. Lingerie com brinde

. Brexit

. Acabou

. Dia de quê?

. Humidades

. Ui, tão bom...

. Porque é que detesto a He...

. Porque gostei

.Natureza Morta

. Novembro 2017

. Junho 2017

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds